MANHUAÇU – 11º BPM apreende 17 armas de fogo e 700 munições durante operação mercado negro

AddThis Social Bookmark Button
Recomendado para você:

Nos dias 18, 19 e 21 de agosto, o 11º Batalhão de Polícia Militar desencadeou a fase de cumprimento de Mandados de Prisão e Busca e Apreensão referente à Operação Mercado Negro, a qual tem por finalidade combater o Comércio Ilegal de Armas de Fogo e Munições em Manhuaçu e cidades circunvizinhas.

A Operação está sendo desenvolvida conjuntamente pela PMMG, Ministério Público de Minas Gerais e contou com o apoio de uma equipe do Exército Brasileiro que promoveu as diligências de sua competência na fiscalização de uma loja de armas existente em Manhuaçu, no dia 18.

Quinze cidadãos foram presos, sendo cinco durante cumprimentos de mandados de prisão e outros 10 em flagrante delito.
De acordo com os resultados apurados nesta fase da Operação, as equipes policiais do 11º BPM apreenderam 17 armas de fogo, 715 munições de calibre diversos, 61 cartuchos deflagrados, carregadores de armas de fogo, coronhas de revólver, peças e materiais para limpeza de armas, uma luneta, um silenciador, 17 aparelhos celulares, 08 pedras de crack, 400 gamas de cocaína e R$ 34.042,71 (R$ 26.800,00 em dinheiro e R$7.242,71 em cheques).

Outro ponto importante desta Operação foi a apreensão de animais exóticos e silvestres. A Polícia do Meio Ambiente foi acionada e fez a apreensão de duas aves da espécie Ring Neck (Psittacula krameri) amarela de origem australiana; nove serpentes da espécie Corn Snake (Pantherophis guttatus), conhecida como a cobra do milho (com potencial invasor de ecossistema); cinco pássaros da espécie Calafate (Lonchura oryzivora); cerca de trinta e três camundongos; dois jabutis (Chelonoidis carbonaria); um teiú (Tupinambis); trinta tartarugas Tigres D’água (Trachemys dorbigni); um papagaio Chauá (Amazona rhodocorytha) ameaçado de extinção e dois Azulões (Cyanocompsa brissonii), sendo um sem anilha e o outro com a anilha adulterada.

O Tenente Coronel Sérvio Túlio Mariano Salazar, Comandante do 11º Batalhão, considerou o resultado da operação como extremamente positivo. “Várias armas de fogo foram retiradas de circulação, inclusive armas usadas em crimes de roubo e homicídios na região,” explicou o comandante.


Clique nas miniaturas para ampliar as imagens:
 

                                             

 

Polícia Militar

Adicionar comentário

Sua mensagem será excluída se houver: 1- Termos vulgares e palavrões; 2- Ofensas; 3- Dados de terceiros


Código de segurança
Atualizar

Joomla templates by a4joomla
::: Léo Gomes :::