Morte de funcionário da Prefeitura abala Mutum

AddThis Social Bookmark Button

Susto, tristeza e muito constrangimento com a tragédia que aconteceu ontem pela manhã, com a morte de Edgar Gomes da Silva, funcionário da Prefeitura Municipal, lotado na Secretaria de Obras a quase quatro anos, num acidente de trabalho.

Edgar estava ajudando no serviço de furar uma rede de esgoto no calçamento da Rua Manoel Ignácio, esquina com Rua Adolpho von Randow, no bairro Invejada, bem em frente da casa do Waldemarinho e Sindérica.

Segundo moradores da localidade e também os companheiros de trabalho – Ademar (da retro), Adriano (do Zé Roxinho) e Romarinho (que não estava presente no momento), Edgar desceu no buraco para pegar dois bloquetes que haviam caído. Em fração de segundos, sem que ninguém percebesse com detalhes, ouviram um barulho e só então viram que o barranco havia cedido e soterrado o funcionário. De imediato, os companheiros o socorreram, tirando-o de debaixo da terra, quando notaram uma pedra junto ao corpo, que teria caído junto com o barranco e batido na cabeça dele, uma vez que se mostrava bastante machucado.

A Secretaria de Obras foi acionada de imediato e em poucos minutos o secretário Lourico chegou ao local, levando rapidamente Edgar para o Pronto-Socorro, onde já chegou sem vida.

A notícia chocou a comunidade mutuense, que tinha por Edgar muita consideração, ele que chegou a Mutum há mais ou menos uns 30 anos, vindo de uma cidade também do interior de Minas, bem na divisa com Goiás, onde mora sua família. Segundo informações, ele chegara de lá poucos dias antes, onde estava passando um final de férias. Sem saber, estava se despedindo.

Edgar fazia parte da Banda Municipal, onde tocava tambor, sempre muito querido de todos os participantes, como um dos veteranos da turma e também muito assíduo e dedicado nos trabalhos da Igreja Católica, onde sua esposa Geni Lopes da Silva é catequista.

O corpo está sendo velado no salão ao lado da Igreja Matriz e desde ontem o movimento é intenso, com os amigos que querem vê-lo pela última vez e estar ao lado da sua esposa Geni e dos filhos Karina e Érick, prestando solidariedade.

Este acontecimento mudou o ritmo de trabalho na Prefeitura Municipal, que ontem funcionou com um aviso de “LUTO” e hoje fechou as portas em consideração ao colega que teve esse fim tão trágico.

O prefeito Marçal ficou chocado com o acontecimento e durante todo o dia de ontem esteve envolvido com a situação, acompanhando cada detalhe e como já tinha feito um compromisso hoje em Belo Horizonte, colocou sua equipe à disposição da família, a quem justificou sua ausência no sepultamento.

Às duas da tarde haverá uma homenagem da Banda Municipal ao colega que enriquecia a agremiação, missa na Matriz e depois o corpo seguirá para o povoado de Santa Maria, onde ele morou durante muitos anos, e ali será enterrado.

Fonte: Portal Mutuense
(www.portalmutuense.com.br/?pg=not%EDcia&id=649)

Foto: Margareth Barata

Adicionar comentário

Sua mensagem será excluída se houver: 1- Termos vulgares e palavrões; 2- Ofensas; 3- Dados de terceiros


Código de segurança
Atualizar

Joomla templates by a4joomla
::: Léo Gomes :::